BLOG DA GRADUAÇÃO

4 dicas para se fazer um bom resumo para o ENEM

Criar resumos é uma das mais eficientes alternativas de estudar e fixar conteúdos. Com esses pequenos, porém profundos, textos de apoio, você consegue compreender melhor os conteúdos estudados, deixando-os mais frescos em sua memória. Uma das maiores vantagens de se fazer resumos para auxiliar no estudo é que esses textos são escritos com suas próprias palavras contribuindo mais do que qualquer leitura para a fixação do assunto proposto.

Afinal, é você contando com as suas próprias palavras o que você entendeu sobre aquele determinado conteúdo.

Como fazer um resumo para o ENEM

Ao reescrever um texto, o assunto é mais facilmente internalizado e compreendido, o que dificilmente ocorre com uma simples leitura. No caso das questões do ENEM, que exigem conhecimento de diversas matérias, o resumo se torna ainda mais necessário para a organização dos seus estudos e do seu pensamento.

Diante de tanta variedade do que cai no ENEM, é preciso que você faça resumos sintéticos de cada um deles, tanto para internalizá-los quanto para sua própria consulta posterior, quando a prova do ENEM estiver chegando.

Nosso objetivo hoje é ajudar você a fazer um bom resumo para que você possa mandar bem no ENEM.

Leia mais de uma vez para compreender o essencial

Um bom resumo não é aquele que contém tudo o que o autor diz, mas aquele que capta o assunto e as suas explicações essenciais.

O recomendado é que o leitor faça, no mínimo, 2 leituras para conseguir captar o assunto essencial e colocá-lo no papel de maneira sintética. Como diz a própria palavra, o “resumo” deve ser um texto abreviado e condensado em relação ao original. Por isso, releia o conteúdo quantas vezes for necessário para exercitar o olhar e a capacidade de captar o essencial do texto, a ideia central que ele quer passar.

New Call-to-action

Escreva com suas próprias palavras

Um resumo também não é a transcrição e a cópia literal das principais passagens do texto de um autor, mas a transposição do assunto para suas próprias palavras. Apenas quando você consegue contar para alguém, ou explicar para si mesmo em um cardeno,  o assunto de um texto é que sua compreensão pode ser garantida.

Do contrário, você corre o risco de permanecer “escondido” atrás do que o autor diz e de, uma hora ou outra, se esquecer do que foi colocado por ele. Ou seja, para fazer um bom resumo você deve entender o texto, refletir sobre ele e colocar, com suas próprias palavras, o que o texto está dizendo.  

 

Utilize tópicos e subtópicos

Dividir o seu resumo em tópicos e subtópicos é um ótimo modo de organizar a leitura e a compreensão dos conteúdos. Para se preparar bem para as questões do ENEM, grife as partes mais importantese escreva sua visão sobre aquele conteúdo nas páginas do texto lido, faça chaves nos parágrafos e dê um título para eles.

Faça setas indicando assuntos e grife as palavras mais importantes. Na hora de criar o seu resumo, use essas anotações que foram feitas no texto lido para deixá-lo mais organizado. Além de contribuir para um resumo mais completo, essas anotações permitem que você vá direto ao assunto desejado quando precisar consultar o resumo ou conteúdo. Essa divisão em tópicos e subtópicos também auxilia no encadeamento de ideias e mostra a ordem em que foi feito o próprio raciocínio do autor, auxiliando a responder as questões do ENEM no momento da prova.

Organize os resumos

Resumos para o ENEM devem ser feitos de modo sistemático e organizado, e não em um papel qualquer que corre o risco de ser perdido a qualquer momento. Como o resumo será um material de posterior consulta, ele deve ser escrito e guardado de modo seguro.

Você pode separar um caderno para cada matéria ou ter um fichário com as devidas divisões. Os resumos deverão contar com as referências dos textos originais, como o título do livro, nome do autor e numeração da página, caso seja necessário retornar a ele.

E então, o que você achou de nossas dicas para fazer bons resumos para o ENEM? Faça uma lista do que cai no ENEM, comece suas leituras, faça seus resumos e perceba como os conteúdos serão melhor incorporados! E quanto ao curso, você já escolheu o seu? Se precisar de ajuda, confira o nosso post sobre os 5 cursos superiores em alta no país!

New Call-to-action

ENEM

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

MAIS LIDOS