BLOG DA GRADUAÇÃO

4 dicas de como conciliar filhos e estudos

Trocar fraldas e resolver problemas de cálculo integral não possuem, ao menos aparentemente, uma relação tão explícita, certo?

Se a maternidade impediu que você desse continuidade aos seus rumos acadêmicos, não é preciso se desesperar, caso queira voltar a estudar.

Afinal, esse é o panorama de muitas mulheres brasileiras, e as coisas são perfeitamente conciliáveis. Basta ter muita persistência e boa capacidade de organização para se planejar da melhor forma.

Para ajudar você nesse desafio, separamos 4 dicas sobre como conciliar filhos e estudos sem prejudicar o andamento de suas atividades.

Continue lendo este post para entendê-las e aplicá-las em sua rotina!

4-dicas-de-como-conciliar-filhos-e-estudos.jpg

1. Organize-se

Expondo desse jeito, parece uma dica genérica, não é mesmo? Compreendemos que não é fácil lidar com tantas obrigações ao mesmo tempo e ainda desempenhar um bom papel enquanto mãe, mulher e estudante.

Sabemos da dificuldade que é conseguir manter uma rotina organizada, na qual seja possível arranjar tempo para tudo e ainda se dedicar à família e às interações sociais — já que também é preciso se divertir e relaxar um pouco. Contudo, apesar de parecer algo extremamente complicado, traçar um planejamento não é tão difícil assim.

Pense nas horas disponíveis do dia como se fossem pequenas fatias ou parcelas de investimento. Se você precisa destinar algo em torno de 8 horas diárias para dormir bem e ter fôlego para fazer o restante, quanto sobra para estudar e cuidar dos filhos?

Faça as contas relacionadas a tudo aquilo que você deve fazer ao longo do dia, inclusive os períodos que dedicará ao lazer e à descontração.

Depois, repita o procedimento, considerando uma escala semanal. Levando em conta, por exemplo, aquela obrigação de caráter mais eventual, como ir a uma aula específica, fazer hora extra no trabalho e coisas do gênero.

Pouco a pouco, você terá uma ideia de sua grade horária rotineira, sabendo exatamente quanto tempo perde com procrastinação ou quantos minutos do lazer você pode trocar para ter um tempinho a mais reservado ao aprendizado.

Outras medidas úteis:

  • Faça anotações, planilhas e o que mais for preciso para chegar a uma conclusão satisfatória sobre seus horários;
  • Aproveite para otimizar o período que você passa em casa e estude enquanto seu filho dorme ou está na escola. Com comprometimento e uma estrutura delimitada, ficará mais fácil resolver essa situação;
  • Veja vídeos ou escute podcasts quando estiver com a agenda mais apertada e não conseguir parar tudo o que está fazendo para se dedicar a uma leitura mais demorada;
  • Aproveite a internet para ter acesso a materiais gratuitos e de qualidade.

Ao seguir essas recomendações, a tendência é que o seu plano siga normalmente, mesmo com os imprevistos que frequentemente surgem quando se é mãe estudante.

Como você tem controle sobre seus compromissos, qualquer urgência ou necessidade que surgir de repente não abalará suas metas e nem atrapalhará a aquisição do conhecimento pelo qual você batalha tanto.

New Call-to-action

2. Defina seu objetivo e conquiste aliados

Parece que estamos falando de uma guerra ou de um jogo de estratégia, mas não é nada disso. A importância de definir alguns objetivos é essencial para dar um direcionamento a toda organização sobre a qual falamos no tópico anterior.

Por que você quer voltar a estudar? Onde parou? Aonde quer chegar com esses novos conhecimentos? Você quer fazer uma faculdade? Por quê? Qual curso?

Esse breve interrogatório serve para ajudar você a pensar em curto, médio e longo prazo. Tendo uma meta esclarecida e bem definida, será possível gerir os recursos e avaliar suas possibilidades de ação. Você pode e/ou quer pagar por um serviço de babá? Existe a chance de pedir ajuda, uma vez por semana, para uma vizinha?

Quem opta por se preparar para o ENEM enfrenta obstáculos totalmente distintos de quem faz o supletivo, porque são estágios e modos diferentes de vivenciar uma experiência de aprendizagem. Se tiver dúvidas sobre a graduação, veja a flexibilidade que ela pode lhe oferecer e quanto demora para ser concluída.

Ter uma noção mais pragmática e direcionada em relação àquilo que você almeja será útil demais para que os próximos passos sejam tomados. Portanto, pense bem e analise com cautela e senso crítico as oportunidades à sua volta.

3. Saiba, na prática, como conciliar filhos e estudos

Não estamos repetindo uma obviedade. Após se organizar e ter uma meta traçada, é imprescindível que você descubra, na prática, mais sobre o seu ritmo e o quanto terá de abrir mão de um ou outro aspecto para que obtenha prosperidade em ambas as atividades.

Tente não se assustar na primeira ocasião em que as coisas ficarem mais enroladas. A essa altura, você, com certeza, já percebeu como a maternidade é cheia de recompensas e satisfações, mas também apresenta percalços e complexidades que fogem da nossa capacidade de prevenir algo.

Por isso, converse ou leia alguns relatos inspiradores de quem já passou pela mesma situação e veja que, apesar das turbulências, tudo é conciliável e está ao seu alcance.

A blogueira Thais Godinho tem uma história bem bacana sobre como decidiu voltar a estudar depois de ser mãe. Ela conta sobre a pós-graduação que começou a fazer quando seu pequeno tinha apenas 8 meses de idade e ainda dá detalhes de como conduziu as demandas pessoais e profissionais simultaneamente.

4-dicas-de-como-conciliar-filhos-e-estudos.gif

4. Tenha paciência e continue

É natural que você se estresse, pois se trata de uma carga elevada de preocupação e esforço. Ainda assim, tente manter a paciência, caso os resultados não sejam imediatos.

Lá atrás, quando você estabeleceu aonde queria chegar, estava muito mais distante. Logo, o meio do processo tende a ser a parte mais complicada, porque dá a sensação de que você não avançou muito, e a linha de chegada ainda se encontra muito à frente.

No entanto, voltar a estudar é uma opção que guarda muitos resultados gratificantes. Após saber como conciliar filhos e estudos, as realizações profissional e pessoal andarão de mãos dadas, fazendo com que você se motive a persistir diante de qualquer adversidade.

Gostou do nosso post? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro de outras novidades sobre educação!

New Call-to-action

ENEM, Institucional

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.