BLOG DA GRADUAÇÃO

Conheça 3 segredos de profissionais de Redes de Computadores

Estamos conversando bastante aqui no blog sobre o mercado de Redes de Computadores no Brasil. Você já viu dicas para escolher bem o seu curso, quais são os certificados essenciais para os profissionais da área, os principais conceitos com os quais deve lidar e até os motivos para fazer um curso de Redes. Muito bem, agora vamos desvendar alguns segredos que todo os profissionais de Redes de Computadores conhece e que você também deve ficar por dentro. Acompanhe!

Segredos de redes de computadores

Leitura e curiosidade são fundamentais

Leitura é fundamental para a vida. Não podia ser diferente para um profissional que trabalha com redes e conectividade. Quanto mais bem informado e atualizado você estiver, melhores serão as suas habilidades e mais vantagens competitivas você terá no mercado de trabalho — não se esqueça de que há hoje no país um déficit de mais de 117 mil profissionais nesta área. Então é preciso estar preparado para as oportunidades!

Aí vão duas dicas para fazer das leituras sobre redes de computadores um hábito no seu dia a dia:

  • Acompanhe as publicações de profissionais de Rede no LinkedIn. Você só precisa ir até o campo de buscas da rede social, selecionar a opção “Posts” e depois digitar “redes de computadores”. A plataforma te mostrará inúmeras publicações. Aí é só selecionar os artigos que mais gostar e seguir os profissionais que postaram para receber sempre um alerta quando eles publicarem novos artigos;
  • Coloque os portais que tratam do assunto nos seus favoritos. Há inúmeros sites que falam de redes e conectividade. Estas páginas sempre apresentam novidades em suas publicações e, nelas, você poderá também identificar quem são as fontes (especialistas, associações de profissionais da área etc.). Assine as suas newsletters para receber as atualizações no seu e-mail e as acompanhe também nas redes sociais.

Baixar ebook

Quanto mais comunicativo, melhor

Esqueça aquela imagem do profissional de Redes de Computadores que ficava trancado numa sala mexendo com bits e bytes e não precisava interagir pessoalmente com muitas pessoas. Cada vez mais, é exigida dos profissionais de TI, em geral, a capacidade de se comunicar.

Exercite sua habilidade de dialogar com os usuários, sempre tendo em mente que não é todo mundo que entende os jargões e termos técnicos da área. Quanto mais você conseguir se explicar e entender as necessidades das pessoas, melhor será a sua carreira.

Também é muito importante saber fazer apresentações de projetos e resultados. Aprenda a montar uma boa apresentação e a ter um discurso fluido e convincente, pois os executivos decisores nas empresas, muitas vezes, precisam ser convencidos da importância da tecnologia. Estamos falando da capacidade de ser “vendedor” de ideias, ser persuasivo e convincente.

Fale outros idiomas

Falar inglês é um diferencial competitivo e tanto. Este idioma, além de te abrir portas no mercado de trabalho, também lhe será muito útil na hora de fazer pesquisas e se atualizar.

Mas, não fique só no inglês. Pouca gente está atenta no alto intercâmbio de negócios e tecnologias que está acontecendo entre o Brasil e o restante da América Latina. Portanto, vire-se bem com o espanhol.

Se você tiver outros idiomas, além do inglês e do espanhol, melhor ainda. A capacidade de se comunicar nos idiomas de outros países pode te abrir oportunidades para uma atuação mais estratégica e promissora.

Você está preparado para entrar para o time de profissionais de Redes de Computadores que são diferenciados? Gostou destas dicas? Deixe um comentário!

Baixar ebook

Redes de Computadores

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia da Fonseca

Ana Flávia Pereira Medeiros da Fonseca é reitora do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê. Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Maryland-EUA, exerceu cargo de Chefe de Arquitetura de Informação (Chief Information Architect) e Gerente do Departamento de Gestão da Informação do Banco Mundial. Possui experiência em negociação e cooperação internacional na área de projetos de informação com agências multilaterais e bilaterais, administrando programas relacionados à análise e ao apoio de projetos científicos e tecnológicos.

MAIS LIDOS