ENEM

12 curiosidades do Enem que você não sabia

Mariana Brito
23-08-2017 6:53

Atualmente, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a maior porta de entrada para o ensino superior no Brasil. Mesmo sendo tão popular — foram mais de 6 milhões de inscrições em 2017 —, alguns estudantes ainda têm dúvidas a respeito da prova. Como já passamos da metade do ano e tempo é importante para qualquer vestibulando, que tal falar um pouco sobre o exame?

Afinal, por mais que a prova seja feita por milhões de estudantes, há muitas coisas sobre ela que os brasileiros desconhecem. Para que você a entenda de uma vez por todas e deixe a ansiedade de lado, separamos algumas curiosidades sobre o Enem.

Ficou interessado? Então continue a leitura!

12-curiosidades-do-enem-que-voce-nao-sabia.jpg

1. Aplicação das provas

Até 2008 o Enem era realizado somente em um dia, possuía 63 questões objetivas e uma redação. Para este ano, a aplicação das provas sofreu alterações e os estudantes terão 2 dias para realizá-las. Serão 2 domingos consecutivos — 05 e 12 de novembro.

2. Proporções do Enem

Muita gente não sabe, mas uma curiosidade sobre o Enem é que ele é o segundo maior exame de acesso ao ensino superior do mundo em relação ao número de inscritos. Ele perde apenas para o GaoKao, avaliação realizada na China. No último ano, por exemplo, o Enem teve 8,6 milhões inscritos.

3. Menor número de inscritos

Se você vai fazer a prova este ano, considere-se sortudo: o número de inscrições é o mais baixo desde 2013. Na última edição, em 2016, mais de 8,6 milhões de estudantes fizeram a prova.

Acredita-se que isso seja uma consequência das alterações feitas pelo MEC sobre o critério avaliativo para pedido de isenção da taxa e do aumento do valor da inscrição.

4. Método de correção TRI

As questões do Enem são corrigidas por um método chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI), que leva em conta fatores como dificuldade das questões, número de respostas corretas e quantidade de candidatos que marcaram a mesma questão.

Por isso os estudantes que acertarem a mesma quantia de perguntas não necessariamente terão notas iguais.

New Call-to-action

5. Pontuação maior que 1.000

Uma das maiores dúvidas sobre o Enem que estudantes possuem é saber se a pontuação das matérias chega a 1.000, como acontece com a redação. E a resposta é sim e não, por conta do método de correção descrito no item anterior.

Mas isso já ocorreu em 2015, quando 13 estudantes acertaram todas as questões de Matemática e obtiveram a nota recorde de 1.008,3 pontos. Ou seja, não é impossível, mas exige muito estudo e habilidade.

6. Popularização do Enem

O Ministério da Educação criou, em 2004, o Programa Universidade para Todos (ProUni), em que é possível conseguir bolsas de estudo em universidade particular por meio da nota obtida no exame. Por conta disso o Enem tornou-se bastante popular.

Além disso, o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que é a principal forma de entrar no ensino superior público, utiliza o Enem. Ou seja, se você quiser concorrer a uma vaga do SiSU, precisa fazer a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio.

7. Certificação do Ensino Médio

O intuito inicial do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) era apenas avaliar a qualidade do ensino brasileiro usando o Enem como ferramenta. E até 2016 era possível obter certificação do Ensino Médio por meio da prova.

Porém, isso não será válido este ano. Para concluir o colégio você deverá realizar os exames tradicionais.

8. Utilização ampla  

Não é só para o SiSU e para o ProUni que o Enem é utilizado. Ele também serve para processos seletivos de cursos técnicos (Sisutec), programas de Crédito ou Financiamento Estudantil e até mesmo em alguns concursos públicos — a Polícia Militar da Paraíba usa o Enem desde 2013.

12-curiosidades-do-enem-que-voce-nao-sabia.gif

9. Adesão por quase todos

Apesar de ser utilizado por inúmeras instituições ensino, ainda há 40 universidades públicas que não aderiram ao SiSU. Algumas continuam com seus vestibulares próprios e outras aproveitam somente parte do Enem como método de avaliação para o ingresso dos candidatos. Por isso, é importante que você confira a lista completa das entidades.

10. Uso do nome social

Outra curiosidade do Enem é que desde 2014 é possível que candidatos transexuais e travestis coloquem seus nomes sociais nas inscrições. O número de pedidos desse gênero cresce a cada ano. Quando aprovada a medida, foram efetuados 102 pedidos para uso do nome social. Já na última edição, em 2016, foram 407 pedidos, ou seja, quatro vezes mais.

11. Padrão das provas

O Enem possui um padrão em suas provas e sabemos que no total são 180 questões, além da redação. Essas questões são divididas em quatro habilidades:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

Para cada conteúdo são aplicadas 45 perguntas. Além dessa padronização, as provas possuem 32 páginas. Isso é um requisito técnico para facilitar a impressão e reduzir os custos.

Explicando melhor: em uma folha A0 cabem 16 páginas A4, considerando frente e verso chegamos nas 32 páginas da prova. Dessa forma, é garantido que uma prova não seja mais extensa do que a outra.

12. Outras curiosidades sobre o Enem

  • Em 2009 as provas foram furtadas de uma das gráficas e o INEP teve que imprimir tudo novamente e reagendar a data de aplicação;
  • Uma versão digital do Enem foi testada em 2015 por candidatos "treineiros";
  • Administração foi o curso superior mais procurado em 2016, com mais de 290 mil inscrições;
  • O estudante pego "colando" no Enem pode ser preso por um período de 1 a 4 anos, além de pagar uma multa. Isso porque estará cometendo o crime descrito no artigo 311-A do Código Penal brasileiro;
  • Na última edição do Enem houve 2 finais de semanas de aplicação do exame, sendo a primeira etapa realizada nos dias 5 e 6 de novembro e a outra em 3 e 4 de dezembro. Isso ocorreu devido às manifestações de estudantes contra o governo e contra o sucateamento da educação. Eles ocuparam algumas instituições de ensino que eram locais de prova.

Esperamos que este artigo tenha ajudado você a sanar todas as suas curiosidades do Enem. Agora foque nos estudos para mandar muito bem na prova e ingressar no tão sonhado curso superior!

Quer ficar sempre por dentro de informações como esta? Curta nossa página do Facebook e acompanhe nossas novidades!

New Call-to-action

Recém adicionados

Veja nossas últimas atualizações
Materiais Gratuitos